foi melhor assim

G.

A primeira pessoa que me apaixonei. Esbelta, alegre, esbarrou em mim de propósito com os quadris.

P.

Alta e forte, era uma bruxa. Seu segundo beijo foi na minha mão. Mas eu tinha medo dela.

R.

Rosto iluminado, inteligente, com o mesmo gosto musical que o meu.

J.

Pensava igual a mim, linda e destemida.

C.

Carinhosa, era da mesma religião que a minha, mas me abraçava à toa.

???

Fofa, mas era fanática testemunha de Jeová. Fiquei com medo.

Nunca disse como me sentia, nunca avancei.

Eu sei que teria uma chance se eu tivesse pedido em namoro. Ou ao menos saberiam dos meus sentimentos. Mas sempre fui covarde e frouxo.

É melhor um filho corajoso

morto aos 12

do que um filho velho covarde.