Quando você entrar nesta página pela primeira vez, talvez pense que é apenas um site sobre Desenvolvimento. Não, ela não é.

Sou Programador, crio programas e outras soluções. É o meu trabalho. Aqui, vou postar sobre novidades na área, discussões e coisas que gostaria de ensinar e aprender.

Mas o site não é apenas sobre Desenvolvimento de Software.

Desenvolvi algumas coisas interessantes, que gostaria de demonstrar para alguém interessado nos meus serviços. Quando existe algum processo seletivo, mostro os projetos que trabalhei, como o Masterrow.

Mas o site também não é apenas meu portfólio.

Estou trabalhando na tradução de vídeos em inglês, atualmente estou criando as legendas para alguns vídeos do canal funFunFunction (clique no linkl para conferir).

O site também não é apenas tradução de textos em inglês.

Faço história em quadrinhos e tentei trabalhar num projeto chamado “The Ghostships”, uma história que nada mais era do que um chupinhado de Star Wars.

Apesar disto, aqui não é uma Webcomic.

Sou desenhista também, faço algumas artes, não limitado à desenho digital. Trabalho com vários materiais, como grafite, nanquin, guache, aquarela, giz.

Tampouco também aqui não é só um lugar para artes.

Apesar de começar a tirar fotos de lugares bacanas (explico melhor em outra ocasião, mas fotografo para aprender a desenhar melhor), o site não é sobre fotografia.

Talvez eu comece a dar algumas opiniões sobre o rumo do país, logo este ano de 2018, que estamos com os animos acirrados, mas nem isto o site é.

O website amosBatista.com É tudo isto. Só que muito além.

Quando criei esta versão da página, decidi que ela seria o meu laboratório. Por causa das minhas limitações de hospedagem (a maior delas, financeiras), não tenho espaço para criar e compartilhar idéias. Por isto, o local vai ser aqui mesmo.

Projetos, sites, conceitos, ideias malucas, histórias, comics, serão todos compartilhados por aqui. Como se eu tivesse na minha casa, e pudesse abrir a garagem para a rua para poder vender minhas tralhas, distribuir meus quadrinhos, tocar música, abrir uma igreja, chamar a molecada pra jogar bola…

Aplicando o conceito de falha-rápida (Fail Fast), não quero e não preciso criar um domínio toda vez que precisar de um ambiente novo. Com um ambiente front-end e back-end prontos, posso rapidamente criar, compartilhar e descartar uma ideia usada.

Eu não acredito no conceito de separar o humano pessoal do profissional. Depois de um tempo junto com um colega de trabalho, esta ‘divisão’ imaginária começa a ruir. Não faço apenas uma coisa na vida, e nem quero; viver apenas de programação? Quero mostrar ao mundo o que sei fazer, e o lugar será aqui.